Rss

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

poema de amor para una amiga

O som do mar é um selvagem barulhento, e no banho de chuva da agua mineral do maré refrescar o ar é belo brilho de sol. Teu olhar 69 é um abaco da arte de queimar a boca de queimaduras de paixão na pele da alma até arrependia o ar fica com medo do silencio, com olhos de leão, sábado é um movimento silencioso é como está no ermo do lobo Solitário selvagem imortal na inspira, é a sede da arte de arrepia o coração de amar tu, você leva o cicatriz da marca de paixão acendia agua morna evaporar o ar do amor

0 comentários:

Postar um comentário

Blogger templates

free counters